Boletim do Rengô nº 104 setembro/2018

Campeonato mundial de gueitebol

Brasil conquista o título de campeão mundial – 2018

O 12º Campeonato Mundial de Gueitebol foi realizado, nos dias 21, 22 e 23 de setembro no Estádio de Gueitebol do Centro E. Esportivo Riyuzo Ogawa, tendo como entidade promotora a World Gateball Union e como entidade organizadora a União dos Clubes de Gueitebol do Brasil. Participaram 64 equipes, sendo 30 do Brasil e 34 do exterior, procedentes do Brasil, Argentina, Austrália, China, Coréia do Sul, Estados Unidos da América, Japão, Paraguai, Peru, Uruguai e Europa.

 

No dia 21, realizaram-se, nos recintos da sede do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – reuniões de 84 árbitros internacionais e 64 representantes das equipes e, à noite, um jantar de recepção, welcome party, acompanhado de show de capoeira e samba.

 

No dia 22 às nove horas, teve início a solenidade de abertura do Campeonato, conduzida pelo mestre de cerimônia Jorge Suzuki e seu tradutor em inglês Koiti Hagio, com a entrada de jogadores e árbitros no campo e apresentação das autoridades presentes, entre as quais o presidente da World Gateball Union Shinobu Shiikawa, o presidente Hatiro Honda da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil, deputado federal Arnaldo Faria de Sá, deputado federal Walter Ihoshi, vereador Aurélio Nomura, vereador George Hato e secretário municipal de Esportes João Farias.

 

A declaração de abertura foi feita pelo vice-presidente Toshinori Takamura da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil. Seguiu-se a execução do Hino Nacional e as saudações do presidente Shinobu Shiikawa, do presidente Hatiro Honda e do Secretário Municipal João Farias. Houve devolução de troféu transitório pela equipe chinesa, campeã do 11º Campeonato Mundial realizado na cidade de Niigata, Japão. O juramento dos atletas foi feito pelo seu representante Fernando Toshio Umeda da equipe de Goiânia.

 

Após o procedimento da tacada inicial pelas autoridades, foi apresentado o show de capoeira e samba.

 

As 64 equipes participantes disputaram ocupando oito quadras. No dia 22 de manhã e à tarde e no dia 23 de manhã, teve a fase preliminar em esquema league que classificou 16 equipes, dentre as quais 8 do Brasil. Essas equipes disputaram a fase eliminatória em esquema de tournament (mata-mata) até o final.

 

Em tournament, a equipe do Nippon Country Club enfrentou duas equipes do Brasil (Nazaré e Guaíra) e na semifinal a equipe da China, China Jiang Xi Yi Chun Dui, vencendo-as e, no final, a equipe também da China Shanghaishipudongxinqugaodongzhenmenqiudui, vencendo-a por 15 a 9, conquistando assim o título de campeão do mundo. As equipes chinesas classificaram-se em segundo, terceiro e terceiro lugares.

 

O capitão Yugo Yamaguishi da equipe campeã pratica gueitebol desde a infância, incentivado pelo avô que também é um excelente jogador. Disse o jogador que estudou muito, assistindo ao vídeo, as jogadas de atletas chineses e a estratégia usada nas competições.

 

A equipe campeã brasileira do Nippon Country Club era constituída de seguintes elementos: técnico Yassuo Yuda e oito jogadores, Alexandre Arakaki, Felipe Yugo Yamaguishi, Fernando Mitsuhiro Yoshida, Edson Douglas Matsufuji, Roberto Mitsufiro Watanabe, Gustavo Koga Nagafugi, Thiago dos Santos Banares e Edson Kazuo Higashi.

 

 

Torneio da Amizade de Gueitebol Sakizo Kotsubo

No dia 5 de agosto, foi realizado o 20º Torneio da Amizade de Gueitebol Sakizo Kotsubo, na cidade de Pereira Barreto, com a participação de 54 equipes, sendo 18 na categoria prata, 5 na ouro, 17 na diamante e 14 na super-diamante.

 

As seguintes autoridades marcaram presença neste evento: João Altyr Domingues, prefeito de Pereira Barreto, Cleber Mariani Pinto Menezes, presidente da Câmara Municipal, Takeshi Akisue, presidente da Associação Cultural de Pereira Barreto, Hatiro Honda, presidente da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil.

 

O Rengô participou com 3 equipes, uma em cada categoria, ouro, diamante e super-diamante. A classificação final foi: categoria prata, Birigui, campeã, Tupã, vice-campeã, Junqueirópolis e Cafelândia, 3º lugar, categoria ouro, Jales, campeã, Assis, vice-campeã, Aliança e Junqueirópolis, 3º lugar, categoria diamante, Pereira Barreto, campeã, Maringá, vice-campeã, Pres. Prudente e Lins, 3º lugar e na categoria super-diamante, Junqueirópolis 1, campeã, Laranja Lima, vice-campeã, Araçatuba e Pereira Barreto 2, 3º lugar.

 

 

Copa Rengô

Foi realizada no dia 18 de agosto, nas quadras da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil, sito à Av. Leonardo da Vinci, 1551 – Vila Guarani, São Paulo, a 71ª Copa Rengô, que contou com a participação de 38 equipes, sendo 23 na categoria kooreisha e 15 na categoria soonen.

 

A cerimônia de abertura deu-se às 8 horas, inicialmente foi guardado um minuto de silêncio em honra a memória dos falecidos e em seguida, Yukio Honda, vice-presidente, representando o presidente Hatiro Honda, fez a saudação, agradecendo a presença de todos os atletas. Mário Takamura e Teruo Tagomori fizeram as observações sobre arbitragem e sobre o esquema dos jogos respectivamente.

 

O resultado foi: categoria kooreisha, Saga C (Antoku Sadoyama), campeã, Saga H (Thissato Yamaji), vice-campeã, Saga I (Jorge Miyazaki), 3º lugar e Ibirapuera B (Teru Nagayama), 4º lugar e na categoria soonen, Nippon B (Eiji Baba), campeã, Cafelândia (Thiago Monticelli), vice-campeã, Palmas A (Edson Nakamura), 3º lugar e Saga D (Yuriko Okuyama), 4º lugar.

 

 

XII Festival de Gueitebol – Jogos da Cidade de São Paulo

No dia 26 de agosto de 2018 foi realizado nas quadras da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil, sito à Av. Leonardo da Vinci, 1551 – Vila Guarani, São Paulo, o XII Festival de Gueitebol, promovido pelo departamento dos Jogos da Cidade da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo. Participaram 42 equipes, sendo 23 da categoria kooreisha (acima de 70 anos) e 19 da categoria soonen (livre).

 

A cerimônia de abertura deu-se às 8:00 horas, comandada pelo vice-presidente da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil, Toshinori Takamura, que após guardar um minuto de silêncio, convidou o presidente da UCGB, Hatiro Honda para sua saudação. Honda agradeceu a presença de todos e esclareceu que este Festival, promovido anualmente pela Secretaria de Esportes e Lazer do Município de São Paulo, tem um cunho filantrópico, pois toda arrecadação líquida do evento é revertida em materiais de uso diário para o Instituto Gabi, de Jabaquara, que abriga crianças excepcionais. Em seguida, o coordenador dos Jogos da Cidade, professor Antero, fez uso da palavra, agradecendo a todos pela participação, e demonstrou alegria e satisfação pelo apoio e realização desse evento pela UCGB. As observações técnicas sobre arbitragem e sobre o esquema dos jogos, foram feitas, pelo diretor de árbitros, Mário Takamura, e pela vice-diretora técnica, Tizuru Saito, respectivamente. A Secretaria de Esportes e Lazer do Município de São Paulo providenciou uma ambulância com socorrista e forneceu 250 lanches para os atletas, além das medalhas para os 4 primeiros classificados em cada categoria.

 

Os jogos foram realizados em 8 quadras, com cada equipe jogando 4 partidas, e o resultado foi: categoria kooreisha, campeã – Jabaquara A (Jorge Miyazaki), vice-campeã – Vila Maria (Seishin Nakasone), 3º lugar – Jaçanã (Ichiro Usami) e 4º lugar – Pirituba (Fujio Fujiki); e na categoria soonen, campeã – Ipiranga (Yuriko Okuyama), vice-campeã – Jaçanã (Edson Okino), 3º lugar – M´Boi Mirim-B (Rafael Koga) e 4º lugar – Vila Prudente (Alexandre Arakaki).

 

 

Treinamento de Árbitros Internacionais

No dia 02 de setembro, com a participação de 49 árbitros internacionais e 9 voluntários que irão auxiliar como “staff”, foi realizado o treinamento nas quadras da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil, sito a Av. Leonardo da Vinci, 1551, São Paulo, visando o 12º Campeonato Mundial, que ocorrerá nos dias 22 e 23 de setembro.

 

Às 8 horas deu-se o início, através do presidente da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil, Hatiro Honda, que explanou sobre a reunião que teve no Japão, na semana do dia 13 de agosto, com os dirigentes da World Gateball Union e os representantes dos países filiados, sobre as propostas para alteração nas regras do gueitebol, que ocorre a cada 4 anos. Segundo Honda as mudanças deverão ser poucas, mas a divulgação só será feita no início do próximo ano. Foi lembrado que no Campeonato Mundial, a gestia dos árbitros será muito importante, para que todos atletas entendam as ações a serem tomadas, mesmo que não entendam o idioma. Foi feito uma observação, para não estranharem, se os atletas chineses eventualmente posicionarem no campo diferentemente dos japoneses e brasileiros.

 

Após a entrega da programação do Campeonato, Honda explicou sobre as atividades pertinentes aos árbitros: Dia 21 às 10 horas, recepção dos árbitros e atletas no campo, às 13 horas, o translado para o Bunkyo, para participação na reunião dos árbitros e no jantar de boas-vindas; no dia 22, a cerimônia de abertura e jogos de classificação, e no dia 23, prosseguimento dos jogos de classificação, dos jogos eliminatórios (tournament) e o encerramento.

 

Mário Takamura, diretor de arbitragem da UCGB, fez a entrega de cópias da lista dos 18 grupos de trios de árbitros, com mapa do campo e orientações de atuação dos trios, do árbitro de apoio no placar e do “staff” condutor dos árbitros e equipes. Após breve explanação, foram feitas várias simulações práticas na área de concentração, em fila única dos trios de árbitros e equipes até a quadra. Foi feito também a simulação de liberação da quadra, para o início do jogo, pelo árbitro do placar, no centro da quadra, abaixando a bandeira quadriculada, após o aviso da central. Em seguida, foram feitos treinamentos em 2 quadras, com trios de árbitros e colaboração de duas equipes formadas por jogadores voluntários, para familiarizarem com o sinal sonoro e comando de voz do relógio marcador de tempo em inglês e português. Orientações foram dadas para considerarem o sinal sonoro como início e fim da partida e não o comando de voz. O treinamento encerrou-se às 13 horas.

 

 

 

Comunicado – Alteração no Calendário 2018

Conforme foi divulgado no Plano de Atividades 2018, distribuído no dia 11 de janeiro de 2018, na 35ª Assembleia Geral Ordinária, e no Boletim do Rengô nº 96 – janeiro/2018 duas atividades constantes no calendário da UCGB – 2018, sofreram alterações:

 

1) Seminário Nacional de Arbitragem, planejado para o dia 7 de outubro de 2018, foi cancelado.

 

2) Evento Comemorativo dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, 34º Campeonato Brasileiro de Gueitebol Feminino e 24º Campeonato Brasileiro de Gueitebol Masculino planejados para os dias 27 e 28 de outubro de 2018, foram postergados para os dias 10 e 11 de novembro de 2018. Inscrições até 8 de outubro.

 

Essas alterações foram necessárias, em função do calendário das Eleições 2018 (1º turno 7 de outubro e 2º turno 28 de outubro 2018).

 

 

 


Postado por União em 03/10/2018 na categoria Notícias da União


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *