Boletim do Rengô nº 103 agosto/2018

5º Campeonato Internacional de Gueitebol Memuro – Brasil

Nos dias 28 e 29 de julho foi realizado o 5º Campeonato Internacional de Gueitebol Memuro – Brasil nas quadras da Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Dourados – Mato Grosso do Sul, com a participação de 86 equipes, divididas nas seguintes categorias: diamante 34, ouro 25 e prata 27.

 

A cerimônia de abertura deu-se às 8 horas, comandada pelo vice-presidente da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil (UCGB), Toshinori Takamura, que convidou as seguintes autoridades para fazer parte da tribuna de honra: Hatiro Honda, presidente da UCGB, Joaquim Soares, secretário Municipal de Serviços Urbanos, que representou a Prefeita de Dourados, Delia Godoy Razur, Seizi Oga, presidente da Federação de Gueitebol do Estado de São Paulo, Yoshiaki Aratani, presidente da Federação Sul-Matogrossense de Gueitebol, Nelson Nakamura, presidente da Federação de Gueitebol do Estado do Tocantins, Yoshito Sonoda, presidente da Asociación de Gate Ball del Paraguay, Teruo Tagomori, Yukio Honda, Takeshi Saguti, vice-presidentes da UCGB, Masao Suzuki, vice-presidente da UCGB e presidente do jornal São Paulo Shimbun, Nélio Shigueru Kurimori, presidente de honra do evento, José Yoshihisa Shirota, presidente da Associação Cultural Nipo-Brasileira Sul-Mato-Grossense, Roberto Yoneyama, presidente da Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Dourados, Jorge Massashigue Kaku, presidente da Regional de Gueitebol do Mato Grosso do Sul. A declaração oficial de abertura do campeonato foi feita pelo Yukio Honda. Após guardar um minuto de silêncio em honra a memória dos falecidos, houve o hasteamento das bandeiras pelas autoridades, enquanto se ouvia o Hino Nacional do Japão e do Brasil, tocado pela banda da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada de Dourados. O anfitrião, Roberto Yoneyama, proferiu as palavras de boas-vindas a todas as delegações, e em seguida o presidente da UCGB, Hatiro Honda, agradeceu a participação de todos, e em especial aos organizadores do evento, e relatou sobre o andamento do 12º Campeonato Mundial de Gueitebol, a ser realizado em setembro em São Paulo. Também fez uso da palavra, Joaquim Soares, representando a Prefeita. Seguindo houve a devolução do estandarte e do troféu transitório, e na sequência, a homenagem aos idosos acima de 88 anos. As observações técnicas sobre arbitragem e esquema de jogos, foram feitas respectivamente, por Mário Takamura, diretor de arbitragem da UCGB, e Teruo Tagomori, diretor técnico da UCGB. O juramento dos atletas foi feito pela Yuriko Nakano, de Santo André. Masao Suzuki fez uso da palavra para esclarecer que, sensibilizado com o empenho do Jorge Kaku, convidando todos os atletas que estiveram no 35º Campeonato Brasileiro de GB, em Goiânia, para participar deste Campeonato Internacional Memuro – Brasil, solicitou ao prefeito da cidade de Memuro, que enviasse alguma lembrança, para oferecer as equipes melhor classificadas. Atendendo a solicitação foram enviados os bonés, os pins e as toalhas. Após a solenidade da tacada inicial pelas autoridades, deu-se o encerramento da cerimônia.

 

Os jogos foram realizados nas 16 quadras de terra, em que cada equipe jogou 4 partidas na fase classificatória, e os classificados passaram para a fase de tournament (mata-mata). O resultado foi: Categoria Diamante – Cornélio Procópio (Kinji Imamura) – campeã, Presidente Prudente (Paulo Shinohara) – vice-campeã, São José do Rio Preto (Kissao Koga) e Birigui (Saburo Morozumi) – 3º lugar; Categoria Ouro – Presidente Venceslau (Masayuki Hojo) – campeã, Saga B (Tomoko Nakajima) – vice-campeã, Ibirapuera B (Keiko Ogassawara) e Saga C (Julio Kamimura) – 3º lugar; Categoria Prata – Santa Fé do Sul (Sérgio Kobayakaua) – campeã, Palmas A (Edson Nakamura) – vice-campeã, e Amambay (Shigeo Matsunaga) e Assis (Cleber Ogihara) – 3º lugar. CAMPEÃO GERAL: PRESIDENTE VENCESLAU.

 

Curso de arbitragem na Regional Capital

O Curso de arbitragem da Regional Capital foi realizado no dia 21 de julho, nas quadras da UCGB, com a participação de 48 gueitebolistas.

A cerimônia de abertura deu-se às 8 horas, inicialmente foi guardado um minuto de silêncio em honra a memória dos falecidos, em seguida, o presidente da Regional Capital e diretor de Arbitragem da UCGB, Mário Takamura, agradeceu a participação de todos, a colaboração da diretoria da Regional na organização e o apoio dos 17 árbitros orientadores ikkyu presentes. Agradecimento especial ao presidente de honra da Regional e presidente da FGESP, Seizi Oga, pela participação. Ichiro Usami, diretor de arbitragem da Regional, explanou sobre o conteúdo do curso, que será a revisão de conceitos e exemplos práticos de falhas de arbitragens ocorridas em torneios.

 

No campo, foi feito o treinamento das gesticulações com os orientadores corrigindo as imperfeições. Foi feita uma demonstração prática de um jogo, em que 3 árbitros internacionais mostraram a maneira correta de proceder, desde a cerimônia inicial, o posicionamento correto entre os árbitros (renkei), atribuições e apoio do anotador, até a declaração de encerramento da partida. Foi orientado também, que a partir desta data, não será mais necessário levantar o braço indicando o vencedor da partida, no ato da declaração do resultado do jogo. Foi feito também treinamento para os candidatos à graduação para árbitros e pelos jogadores que receberam orientações do posicionamento correto em campo.

 

Após intervalo, foi distribuída a apostila do curso e, em seguida, Seizi Oga falou sobre o comportamento (manner) dos árbitros, atletas e públicos em todos jogos, principalmente tendo em vista o Campeonato Mundial que será realizado em setembro. Aya Fugisava, coordenadora do GATA (Grupo de Apoio Técnico em Arbitragem) comentou sobre o resultado positivo do preenchimento das súmulas, e da não invasão do campo, nos torneios da Regional Capital. Na parte final, Ichiro Usami mostrou exemplos de infrações e interpretações erradas de árbitros, como passagem de bola pelo gate, e lance de spark de 2 ou 3 bolas em contato. Houve participação ativa de todos com muitas dúvidas levantadas e esclarecidas.

 

Torneio de gueitebol em Suzano

Em comemoração aos 110 anos da imigração japonesa no Brasil, a Associação Cultural Esportiva e Agrícola de Suzano realizou, no dia 22 de julho, o Torneio de Gueitebol da ACEAS Nikkei, nas quadras preparadas no campo gramado de futebol do Estádio Municipal Francisco Marques Figueira, em Suzano. Reuniram-se 18 equipes, 12 da categoria kooreisha e seis da categoria soonen.

 

A cerimônia de abertura foi iniciada às 8 horas, comandado pelo apresentador Mário Egashira que, após guardar um minuto de silêncio, convidou o presidente da ACEAS e do Bunkyo de Suzano, Kazuhiro Mori, para a saudação de boas-vindas as equipes. Mori, além de agradecer a presença de todos, enfatizou a importância da imigração japonesa no Brasil, que causou grande influência na cultura, educação, política e esporte do Brasil. Na sequência, fizeram uso da palavra, o presidente da Federação de Gueitebol do Estado de São Paulo, Seizi Oga, o presidente da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil, Hatiro Honda, e o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiushi. Fizeram parte da tribuna, Arnaldo Maren Jr., Secretário Municipal de Esportes de Suzano, Minoru Harada, presidente da comissão regional de Suzano da comissão de comemoração dos 110 anos da imigração japonesa no Brasil, André Chiang, Assessor do prefeito, o presidente Teruo Onari, da Regional Vale do Paraíba de GB, a presidente Masayo Masuda, da Regional Central de GB, a presidente Mafalda Nishiyamamoto, do departamento de gueitebol da ACEAS e a diretora técnica Mari Horigome.

 

Após o encerramento dos jogos, em que todas as equipes jogaram 4 partidas, nas 4 quadras, foi anunciado o resultado conforme segue: na categoria kooreisha, Federação de GB do Estado de São Paulo – campeã, União dos Clubes de GB do Brasil – vice-campeã, Itapeti – 3º lugar, e na categoria soonen, Biritiba Mirim – campeã, Vila Moraes 1 – vice-campeã, e Caraguatatuba 2 – 3º lugar.

 

Torneio de Gueitebol Inter-Kenjinkai

No dia 19 de agosto, foi realizado o 32º Torneio de Gueitebol Inter-Kenjinkai, nas quadras do Estádio de Gueitebol da UCGB, em São Paulo, com a participação de 43 equipes, sendo 23 na categoria kooreisha e 20 na categoria soonen.

 

A cerimônia de abertura, comandada pelo presidente da Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil, Yasuo Yamada, deu-se às 8:30 horas. Akira Kawai, vice-presidente da Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil, fez uso da palavra, agradecendo a União dos Clubes de Gueitebol do Brasil pela organização, e aos atletas das diversas associações das províncias do Japão no Brasil pela participação. Yukio Honda, vice-presidente da UCGB, representou o presidente Hatiro Honda. Teruo Tagomori, e Ichiro Usami, fizeram as considerações técnicas sobre o esquema dos jogos e sobre as regras, respectivamente.

 

Após cada equipe jogar 4 partidas, o resultado foi: na categoria kooreisha – Okinawa-A (Hidetoshi Akamine) – campeã, Okinawa-C (Eizo Yamaguchi) – vice-campeã, Okinawa-F (Armando Yamaniha) – 3º lugar, Okinawa-D (Mario Guima) – 4º lugar, Hiroshima (Yoshiko Ido) – 5º lugar e Okinawa-B (Toshiko Higa) – 6º lugar; e na categoria soonen – Kumamoto-C (Thiago Monticelli) – campeã, Fukuoka (Fernando Yoshida) – vice-campeã, Okinawa-A (Alexandre Arakaki) – 3º lugar, Kumamoto-A (Mário Maruyama) – 4º lugar, Kagoshima-C (Rafael Koga) – 5º lugar e Kagoshima-B (Eiji Hagio) – 6º lugar. A campeã geral foi a equipe de KUMAMOTO-C (Thiago Monticelli).

 

Rengô-hai da Regional Noroeste

O 29º Torneio Rengô-hai da Regional Noroeste, foi realizado no dia 19 de agosto, nas quadras da Associação Nipo-Brasileira de Birigui, na cidade de Birigui, com a participação de 16 equipes, sendo 11 na categoria kooreisha e 5 na soonen.

 

A cerimônia de abertura deu-se às 8 horas, na presença de Haruo Suzuki, vice-presidente da Regional Noroeste, e diretor de gueitebol da Associação Nipo-Brasileira de Birigui, Hiroyuki Nagata, secretário da Regional Noroeste, Tadao Haneda, diretor de arbitragem da regional, e Takeshi Saguti, vice-presidente da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil, que representou o presidente Hatiro Honda.

 

Participaram equipes das seguintes cidades: Araçatuba, Guaraçaí, Birigui, Lins, Promissão, Pereira Barreto, Aliança, Três Lagoas e Santópolis.

A classificação final foi: categoria kooreisha – Birigui, campeã, Promissão 2, vice-campeã, Três Lagoas, 3º lugar e Pereira Barreto, 4º lugar; categoria soonen – Guaraçaí, campeã, Birigui, vice-campeã, Araçatuba 2, 3º lugar e Lins, 4º lugar.


Postado por União em 11/09/2018 na categoria Notícias da União


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *